Metascore
87

Universal acclaim - based on 19 Critics

Critic score distribution:
  1. Positive: 17 out of 19
  2. Negative: 0 out of 19
  1. Jan 14, 2014
    100
    It's an album we'll be looking at in December when it's time to single out the most powerful works of 2014.
  2. Jan 9, 2014
    100
    It's Cash, at the top of her game as a singer, who carries the day. [Jan 2014, p.65]
  3. Jan 9, 2014
    100
    It’s a record that her late father would have been enormously proud of, and the first essential country album of 2014.
  4. Jan 14, 2014
    90
    It’s among her finest work in a 35-year career, assured and at ease, and one of 2014’s first great albums.
  5. Feb 20, 2014
    89
    Rosanne Cash caps a trilogy of reflection with poise and insight, a complex cultural legacy moved distinctly forward.
  6. Jan 21, 2014
    88
    As powerful a witness for the region--Memphis, Mississippi, Alabama, Arkansas--as it is a lovely quilt of musicality, braiding blues, folk, Appalachia, rock and old-timey country, this is balm for lost souls, alienated creatures seeking their core truths and intellectuals who love the cool mist of vespers in the hearts of people they may never encounter.
  7. Jan 9, 2014
    83
    The River & The Thread will require multiple listens to truly appreciate, so set aside some time to soak in this one.
User Score
7.7

Generally favorable reviews- based on 26 Ratings

User score distribution:
  1. Positive: 2 out of 2
  2. Mixed: 0 out of 2
  3. Negative: 0 out of 2
  1. Mar 3, 2014
    9
    Nem sempre filho de peixe é peixinho, mas quando a maçã cai perto da arvore de origem podemos ter uma grata surpresa. A cantora country americana Rosanne Cash é filha da lenda Johnny Cash. Com uma carreira com mais de trinta anos é a prova viva que talento pode ser transmitido por DNA. Seu último, e sensacional, álbum The River & the Thread foi lançado no começo do mês comprovando minha teoria.

    The River & the Thread tem como a sua principal qualidade as composições de Rosanne e o produtor do álbum John Leventhal. Falando sobre as viagens no Sul dos Estados Unidos, Rosanne discorre habilmente sobre as idas e vindas, as saudades, as jornadas físicas, mentais e espirituais que todos fazem em algum momento da vida. Usando de suas próprias experiências pessoais a cantora consegue tocar diretamente no coração de qualquer um em qualquer lugar já que todos os sentimentos mostrados são reais e universais. Além disso, a excelência que as letras são construidas mostra o cuidado em criar momentos de verdadeira poesia como nas belíssimas Etta’s Tune ou em The Long Way Home. A produção faz de The River & the Thread um excepcional álbum de country com uma direção mais tradicional e com influências de folk, blues e um pouco de rock. Mesmo seguindo certa linearidade sonora com a maioria das canções em uma mesma toada o trabalho de produção é primoroso na adição de nuances perfeitas dando a personalidade necessária para cada música. Porém, The River & the Thread não são para todos os gostos já que o country não é tão apreciado abaixo da linha do Equador. Vocalmente, Rosanne não lembra nada a voz cavernosa e poderosa de seu pai sendo bem contida, doce e delicada. Mesmo assim consegue transmitir toda a imensidão de sentimentos em performances emocionantes como em Night School ou Tell Heaven. Um álbum para quem realmente gosta de música boa. E uma ótima plataforma para conhecer mais do trabalho de Rosanne e de seu pai (esse sendo simplesmente obrigatório para fãs de música).
    Full Review »
  2. Jan 15, 2014
    8
    This is a good country album with just the right amount of patience and storytelling. Kind of reminded me of Krauss/Palmer's Raising Sand a few years ago. Standouts for me were Tell Heaven, The Long Way Home and When The Master Calls the Roll. Full Review »